Neste blog encontram várias no noticias elaboradas em questões para se porem na vez dos jogador, equipas, treinadores, etc... Este blog também diz os rankings e diversos sobre futebol, que estão nas páginas! Espero que se divirtam!
Gosta de fazer jogos no powerpoint? Então publique-os no site:

terça-feira, 26 de julho de 2011

343. Petr Cech recusa comparações entre Villas Boas e José Mourinho

Cech (foto AP)

Petr Cech, um dos jogadores mais importantes no Chelsea nos últimos anos, acredita que André Villas irá superar com distinção o teste de treinar os blues. Admitindo, no entanto, que é difícil atingir a fasquia colocada por José Mourinho aquando da sua passagem pelo emblema londrino. 

«Desde que assinei [n.d.r. em 2004] que o Chelsea já teve sete treinadores e, infelizmente, tirando o José Mourinho que esteve aqui três anos e meio, nenhum tem ficado muito tempo. Se conseguirmos realizar uma grande época iremos construir a base para que o treinador fique vários anos», afirmou Cech, numa conferência de imprensa realizada em Hong Kong, onde os blues se encontram em digressão.


«O treinador tem as suas próprias ideias e tem definida a forma como quer que joguemos. Cada treinador tem a sua própria filosofia e às vezes funciona e outras não. José Mourinho estabeleceu uma fasquia e os outros (treinadores) têm que tentar fazer melhor do que ele», disse, quando instado a comentar as diferenças e similitudes entre José Mourinho e André Villas Boas.

«O clube mudou muito desde que André esteve aqui a trabalhar com José. Ele [n.d.r. referindo-se a Villas Boas] mudou – era adjunto e agora é o treinador principal – e, até agora, tudo tem estado a correr bem e espero que assim continue», frisou, reportando-se aos primeiros tempos sob o comando do antigo treinador do FC Porto.

«Mantivemos a base da equipa [n.d.r. referindo-se a jogadores como John Terry, Frank Lampard e Didier Drogba], a qualidade e a experiência. Às vezes pode-se realizar uma boa época e não conquistar nenhum título. Vamos ficar desapontados se, no final da temporada, não vencermos nenhum título», explicou. 

A finalizar a entrevista, o guarda-redes checo destacou a concorrência que a equipa londrina vai ter na Premier League e mostrou-se optimista em relação à performance de Fernando Torres.

«Não há parecenças [com Shevchenko que também foi contratado a peso de ouro e não triunfou no Chelsea] Torres vai marcar muitos golos. Com Andriy não funcionou. Não funcionou desde o início. Ele tentou, mas não funcionou. O Torres está a trabalhar e a melhorar». 

«Precisamos melhorar enquanto equipa e encontrar uma maneira de jogar para ele. É apenas uma questão de tempo», constatou.

Desde que foi contrato ao Liverpool em Janeiro, Fernando Torres anotou um golo nos 18 jogos que efectuou com a camisola do Chelsea.

Sem comentários:

Enviar um comentário